Exposição de Josh Agle (aka Shag) e Gary Baseman @ Choque Cultural

30 01 2010

} Josh Agle (aka Shag) e Gary Baseman em duas individuais na Choque Cultural

Intercâmbio entre Choque Cultural e Jonathan Levine Gallery, de Nova York, traz dois dos mais renomados artistas americanos do cenário pop contemporâneo

São Paulo, janeiro de 2010 – A Galeria Choque Cultural inicia o ano com duas exposições individuais inéditas a partir de 28 de janeiro: Dream Reality, de Gary Baseman, e An Esquisite Hunger, de Shag. É a primeira exposição de Shag no Brasil, onde o artista apresenta um tríptico de 5,5 metros, além de outras pinturas originais e gravuras. Já Gary Baseman é conhecido do público da galeria, embora esta seja sua primeira individual com pinturas e desenhos por aqui.

Obra de Gary Baseman

Josh Agle, conhecido como Shag, e Gary Baseman vem ao Brasil para preparar e apresentar a exposição como parte da parceria entre as galerias Choque Cultural e Jonathan Levine, que visa promover o intercâmbio cultural entre seus artistas. Em São Paulo, participam de um workshop – com data a ser definida – na Oficina Tipográfica em que irão produzir pôsteres em conjunto com artistas brasileiros. Em seguida, o próprio galerista Jonathan Levine vem ao país para acompanhar a exposição e o processo de intercâmbio, antes de apresentar a mostra que comemora cinco anos de sua Jonathan Levine Gallery, em Nova York – Stephan Doitschinoff e Titi Freak fazem parte dela, inclusive.

Obra de Shag

Shag e Gary são artistas que seguem a tradição dos grandes mestres da ilustração norte-americana, como Saul Steinberg, Norman Rockwell e Ben Shahn. Ambos transcenderam o papel funcional das suas ilustrações, para criar um corpo de trabalho autônomo e respeitado artisticamente. Trata-se de um processo peculiar e com relação direta ao que a Choque Cultural promove entre os artistas brasileiros que se formam na arte urbana.

A geração de Gary e Shag foi criada na cultura pop, assistindo TV, lendo quadrinhos e essa formação está explícita no imaginário dos artistas, cujo universo é cheio de personagens e ambientes que lembram os cartoons. “Existe, em ambos os trabalhos, um jeito especial de lidar com o kitch, numa atmosfera bem humorada e carismática. É uma leveza que se contrapõe ao apuro técnico e rigor formal das pinturas sobre telas e painéis, constata Baixo Ribeiro, sócio-curador da galeria paulistana.

COMO? ONDE? QUANDO?
Gary Baseman e Shag @ Choque Cultural
Onde? João Moura, 997, Pinheiros, São Paulo
Quando? 28 de janeiro a 27 de fevereiro de 2010
Quanto? Grátis
Telefone: (11) 3061-4051
galeria@choquecultural.com.br
Advertisements

Actions

Information

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: